11.5.08

Entre dois espaços duas sombras altas

Entre dois espaços duas sombras altas
o sentimento da montanha o vazio
nos passos
talvez o texto da terra talvez a terra e a mão
antes das pálpebras no ar

Caminho não de lábios mas de sombras
sobre a raiz do lápis sobre o pulso
caminho ou não
no círculo
dos passos
e esta é a frase do caminho
ou a lucidez do braço

Sem comentários:

fotografia e selecção de poemas de João Silva